Mercado de franquias: O que podemos esperar para o futuro?

Com lucros retornando a níveis que se assemelham ao do período anterior a 2020, é importante saber o que devemos esperar para o futuro especialmente no que diz respeito às franquias no Brasil.

A Associação Brasileira de Franchising (ABF) coletou dados e verificou que de abril a junho de 2021 foi de R$41,140 bilhões. E estamos falando de apenas um trimestre.

Esse valor é de +48% superior aos valores de 2019, no mesmo período, por exemplo. Apesar do cenário de pessimismo apresentado por alguns, a imunização de boa parte da população em razão da pandemia está fazendo com que o brasileiro volte a comprar como antes.

As opções de franquias no Brasil são inúmeras e alcançam diversos seguimentos

Por exemplo, quanto ao retorno do investimento inicial, em 2019, avaliou-se que “a maior parte das escolas de idiomas (77,8%) identificou que o prazo está entre 1 e 3 anos”.

É um prazo curto, considerando que você vai começar o seu negócio do zero. Mas é preciso estar atento às necessidades do mercado atual com os olhos no futuro.

Durante a pandemia, o isolamento social não conseguiu ser mais forte que a necessidade do consumidor, e houve aumento nos pedidos de delivery .

E com a retomada das atividades do comércio de rua, shoppings e centros comerciais, a vida parece voltar ao seu velho normal.

A importância do setor de franquias para a economia

Nas palavras do presidente da Associação Brasileira de Franchising, as franquias têm “lutado para manter os empregos”.

No mesmo trimestre (abril/maio/junho), o setor de franquias totalizou 1.292.034 trabalhadores diretos, o que gera grande impacto na economia. Fica evidente a importância de manter os negócios abertos independente da situação.

Apesar da crise trazida pela pandemia nos últimos meses, o poder de adaptação das franquias tem surpreendido até mesmo os especialistas.

Diante da impossibilidade de atendimentos presenciais por um período, as empresas tiveram de se reinventar através do delivery e drive thru.

Apesar de ser lembrado pela presença no comércio de alimentos, o drive-thru alcançou outros nichos.

O mercado de vestuário e materiais para construção foram ramos beneficiados pela entrega a domicílio e pela possibilidade de buscar o pedido na porta.

Aliás, a possibilidade de o cliente retirar o próprio pedido sem se quer sair de seu carro foi capaz de reduzir custos com entrega.

A capacidade de adaptação das franquias se mostra promissor

Promoveu-se durante os últimos períodos a integração entre os franqueados, o que permitiu que a entrega fosse realizada inclusive pelo franqueado que não recebeu o pedido diretamente.

Tudo isso é apensa parte da transformação pela qual as empresas têm passado devido às exigências do mercado.

Maiores investimentos em tecnologia têm tornado o atendimento mais pessoal, dinâmico e ágil — apesar da distância física.

Essas mudanças apenas servem como prova do poder de crescimento e adaptação das franquias.

Neste momento de mudanças, novos investimentos devem ser avaliados e bem pensados para evitar frustrações.

O trabalho híbrido, presencial ou remoto devem ser considerados, além das projeções de retorno já que nesse meio tempo novas adaptações podem ser exigidas.

Embora o ano esteja quase acabando, você pode conferir as melhores opções de franquias para 2021 e se preparar para o seu futuro negócio.

Para maiores informações, entre em contato com nossos consultores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *